Prazo de Entrega de AGVs: O cálculo do ROI 2022

AGV Data de entrega do produto
Partilhar
Partilhar no linkedin
Partilhar no twitter
Partilhar sobre o quesapp
Partilhar em e-mail

Prazo de Entrega de AGVs: O cálculo do ROI 2022


NOTÍCIAS | POR KIVNON

Os fabricantes de AGV devem prometer um prazo de entrega com uma garantia de não exceder 180 dias desde o pedido de compra até à entrega


A melhor solução de automatização em papel não significa nada se não puder ser entregue em 2022. Mesmo os notáveis AGVs não significam nada se os fabricantes e os líderes logísticos não puderem considerar a entrega do produto até 2023. Tem sido dada muita ênfase às características, vantagens e benefícios; porém, tem sido dada muito pouca atenção aos prazos de entrega. Os fabricantes de AGVs devem prometer uma data de entrega com uma garantia de não exceder 180 dias desde o pedido de compra até à entrega. O não cumprimento desse acordo é inaceitável. A resolução dos desafios imediatos na produção, através da entrega do produto até ao terceiro trimestre de 2022 e a atenuação das restrições de contratação que afligem a indústria, devem ser as principais prioridades. O estado atual da cadeia de abastecimento acentuou ainda mais a situação.

Considerando o processo completo de fornecimento, desde a fabricação até o comissionamento, em muitos casos o prazo de entrega de fabricantes de AGV é superior a um ano.

Isto significa que o produto encomendado em Q1 2022 não será entregue até o ano seguinte. Isto é um tempo de espera muito elevado e reflete um planejamento deficiente, introduzindo restrições desnecessárias na cadeia de abastecimento.  

Ruptura da cadeia de fornecimento

Há muitos anos atrás, a decisão estava em utilizar empilhadeiras ou AGVs. O tempo médio de entrega da maioria das empilhadeiras novas está também para 2023. Até agora, a definição do melhor fornecedor passava por aquela solução que oferecesse um menor tempo para recuperação dos investimentos (ROI).

O ROI dos AGVs começa a partir da data de entrega, já que sua instalação é muito rápida.

Soluções básicas com AGVs provam ser a melhor opção para 2022

Uma das realidades na movimentação de materiais num processo de produção com muitas paradas, é que as tecnologias AGV resolvem muitos problemas quando bem estabelecidas, experimentadas e confiáveis. Da mesma forma, a maioria dos AGV são necessários para a localização simples de A a B (como da doca para a célula de produção), entregando matérias-primas ou componentes.

Ajuda desejada... a grande resignação continua

Anos atrás, a eficácia e os méritos da tecnologia AGV tinham de ser explicados. Alguns temiam que os condutores de empilhadeiras fossem substituídos. Pergunte a qualquer fabricante que esteja encontrando dificuldades para contratar mão-de-obra qualidifacada neste momento; os condutores experientes de empilhadeiras fazem parte deste grupo que contribuiu para a as recentes demissões. Gestores de fábrica, profissionais de compras, de saúde e segurança no trabalho, e gestores de recursos humanos, estão incumbidos de alcançar objetivos de automatização, objetivos de contratação, melhoria da qualidade e da segurança do processo de produção.  

AGVs/AMRs magnéticos: Problema resolvido

Alguns compradores de AGV (veículo guiado automaticamente) e AMR (robô móvel autônomo) estão optando pela compra de equipamentos com navegação magnética porque são testados, comprovados e têm funcionado bem durante mais de duas décadas. Se há alguma reclamação sobre esta tecnologia, esta seguramente esteve relacionada com interrupções quando a fita magnética é danificada.

Até pouco tempo atrás, isso obrigava os Gestores da Fábrica a buscar apoio técnico e visitas ao processo para identificar os pontos onde a guia magnética ou as etiquetas RFID estivessem danificadas, e então repará-las. Este obstáculo foi resolvido com um novo aplicativo para smartphones, o FlexTag. Ele permite ao cliente reparar as guias magnéticas danificadas e substituir, reprogramar, ou redirecionar as etiquetas RFID sem a necessidade de contratação de apoio técnico ou visitas de terceiros. Removendo essa objeção, o benefício dos AGVs/AMRs magnéticos é que podem ser encomendados e entregues em 2022, ao passo que muitos dos equipamentos com navegação ótima ou SLAM (Simultaneous Localization and Mapping) estão prometidos para 2023 ou além deste prazo.

O aplicativo FlexTag é a primeira solução do gênero para criar, configurar e modificar circuitos de navegação magnética. Esta inovação é um acessório crítico para AGV/AMR juntamente com o FlexMap, software de gerenciamento que permite aos usuários criar, configurar, e mapear circuitos de navegação. De maneira similar, o aplicativo Smartpad foi desenvolvido para controlar e mover veículos guiados automaticamente (AGV/AMRs) através de uma conexão Bluetooth.

Post original de Automation.com

Partilhar
Partilhar no linkedin
Partilhar no twitter
Partilhar sobre o quesapp
Partilhar em e-mail